15 de dez de 2009

GRÊMIO COMEMORA 13 ANOS DO BI DO BRASIL

Grêmio relembra nesta terça, dia 15 de dezembro, os 13 anos da conquista do bi do Brasileirão. Em 1996, o clube era comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari, e superou o favoritismo dos clubes do centro do país. Um ano antes, o Tricolor havia garantido a Taça da Copa Libertadores de 1995. Nas quartas de final, o Grêmio eliminou o Palmeiras, após vitórias de 3 a 1 em casa e derrota por 1 a 0 no Parque Antártica. Nas semifinais, o adversário era o Goiás. O Tricolor superou o alviverde por 3 a 1 no Serra Dourada e garantiu vaga na grande final com um empate em 2 a 2 em Porto Alegre. Na decisão, o Grêmio enfrentou a Portuguesa. No primeiro jogo, o Tricolor perdeu por 2 a 0, no Estádio Canindé, em São Paulo. Empurrado pela torcida, o time conseguiu devolver o mesmo placar no Olimpico. Paulo Nunes abriu o marcador logo no começo da partida e Ailton garantiu a conquista aos 42 da etapa final. Uma vitória histórica que até hoje está marcada na memória dos torcedores.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO: Danrlei; Arce, Rivarola (Luciano), Mauro Galvão e Roger; Dinho (Aílton), Luis Carlos Goiano, Émerson (Zé Afonso) e Carlos Miguel; Paulo Nunes e Zé Alcino. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

PORTUGUESA: Clemer; Valmir, Marcelo, César e Carlos Alberto (Flávio); Capitão, Gallo, Caio e Zé Roberto; Alex Alves e Rodrigo Fabri (Tico). Técnico: Candinho.

Árbitro: Márcio Rezende de Freitas, auxiliado por Klever Gonçalves e Marco Antônio Martins

Gols: Paulo Nunes e Aílton, pelo Grêmio

Fonte: Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário